30 anos do Kill ‘Em All

30 anos do Kill ‘Em All
30 anos do Kill ‘Em All

Por Filipe Souza
Foto: Filipe Souza [Acervo Pessoal]
Matéria no Metal Zone: http://www.metalzone.com.br/site/materias/artigo.php?sec=7&cod_materia=290

Há exatos trinta anos que o Metallica mudava radicalmente o cenário mundial do rock pesado ou para não ser apedrejado pelos xiitas de plantão, troquem rock pesado por Metal.

Em 1983 quando os baluartes do metal britânico como Def Leppard e Iron Maiden agraciavam o mundo com Pyromania e Piece of Mind, o verão de 1983 ficou mais quente na costa oeste dos Estados Unidos. E foi no dia 25 de julho de 1983 que quatro rapazes americanos com muito sacrifício conseguiram lançar um marco na história chamado Kill ‘em All.

Originalmente o disco seria lançado com o título “Metal up your ass”, e a capa seria um braço segurando uma espada e saindo de uma privada. A gravadora Liberty, que era um selo ligado a EMI achou que seria um suicídio comercial lançar o disco com essa capa e título. Então o baixista Cliff berrou: – Kill’em all (mate todos eles). A ideia foi muito bem recebida pelos outros integrantes da banda e por Jonny, dono da Megaforce, que lançaria definitivamente o Metallica. E para a capa do disco Jonny ainda sugeriu algo mais simples e tão brutal quanto a ideia original: um martelo sobre uma poça de sangue com a sombra de uma mão se afastando.

O disco não foi um sucesso comercial, mas só o fato de ter chegado à posição 120 no Top 200 da Billboard fizeram todos da banda e do novato selo Megaforce muito felizes. Porém, até os dias de hoje já foram vendidas mais de 3 milhões de cópias de Kill’ em All.

O disco combina a velocidade do punk rock de bandas como Ramones, o peso dos britânicos do Motorhead, além dos solos brilhantes do Judas Priest. Todos esses ingredientes fizeram do Metallica e seu debut o nome mais falado do underground americano. Enquanto a grande mídia simplesmente ignorava o grupo, zines nos Estados Unidos e na Europa enalteciam o poder bélico da banda. Uma publicação chegou a mencionar que o Metallica seria a resposta americana ao Motorhead.

Porém, todo esse burburinho e as boas noticias sobre o debut do Metallica só tinha deixado apenas uma pessoa triste e espumando de raiva: Mr. Dave Mustaine. O ruivo que havia sido mandado embora da banda um mês antes das gravações e já tinha montado o Megadeth, estava cheio de rancor no coração e como uma metralhadora, disparava para todos os cantos seus recalques sobre o Kill’em All.

Em uma dessas entrevistas, Mustaine argumentou: “Fico me perguntando o que o Metallica vai fazer quando acabar o estoque dos meus riffs”. As más línguas dão conta que James e Lars obrigaram Kirk a refazer os solos do disco. Mas Dave era só veneno, e talvez sem tanta necessidade, já que o ruivo recebeu seus devidos créditos até no Ride The Lightning, que foi o segundo disco lançado pelo Metallica.

Kill’em All é um debut recheado de clássicos. Desde a primeira faixa “Hit the Lights” passando por “The Four Horsemen”, “Motorbreath”, “Jump in the Fire”, a instrumental “Pulling Teeth”, “Whiplash”, “Phanton Lord”, “No Remorse”, “Seek & Destroy” e para fechar “Metal Militia”. A grande maioria dessas músicas são tocadas até hoje nos shows da banda.

A faixa “Hit the Lights”, que aparece na icônica coletânea Metal Massacre é uma composição da primeira banda de James Hetfield, o Leather Charm. Assim como “The Four Horsemen”, que foi escrita por Dave Mustaine para sua banda Panic e que se tornou “The Machanix” no debut do Megadeth, Killing is My Business…My Business is Good (1985).

No aniversário de 30 anos do Metallica em 2011 a formação original da banda tocou “Metal Militia”, no palco além de James Hetfield (guitarra e vocal), Lars Ulrich (bateria), acompanharam também Ron McGovney (baixo) e Dave Mustaine (guitarra).

Kill’em All
Gravado entre 10 e 27 de maio de 1983 no estúdio Rochester em Nova Iorque.
Lançado em 25 de julho de 1983
Produzido por: Paul Curcio
Tempo total de áudio: 51:15

Cronologia:
Kill’em All (1983)
Ride the Lightning (1984)

Singles:
Whiplash (Agosto/1983)
Jump in the Fire (Janeiro/1984)

Lista de Músicas:
01. Hit the Lights (James Hetfield, Lars Ulrich) [ 4:16]
02. The Four Horsemen (James Hetfield, Ulrich, Dave Mustaine) [7:13]
03. Motorbreath (James Hetfield) [3:08]
04. Jump in the Fire” (James Hetfield, Ulrich, Mustaine) [4:41]
05. (Anesthesia) – Pulling Teeth (instrumental) (Cliff Burton) [4:15]
06. Whiplash” (James Hetfield, Ulrich) [4:10]
07. Phantom Lord (James Hetfield, Ulrich, Mustaine) [5:02]
08. No Remorse (James Hetfield, Ulrich) [6:26]
09. Seek & Destroy (James Hetfield, Ulrich) [6:55]
10. Metal Militia (James Hetfield, Ulrich, Mustaine) [5:09]

Fontes:
Metallica: A Biografia (Mick Wall)
Site Metal Injection (www.metalinjection.net)