Acho que desde quando eu tinha uns 13 anos que eu escrevo. Tinha mania nessa época de escrever o que eu acreditava que eram letras de musica para a minha banda fictícia. Escrevia histórias sobre guerreiros medievais e suas lutas seculares contra magos e dragões. Quanto mais cabeças esses dragões tivessem melhor eram as lutas. Tinham as histórias sobre cataclismos nucleares, a extinção da humanidade e a luta pela sobrevivência de povos que foram esquecidos nas suas próprias misérias. Mas nada disso era rebuscado ou tinha caráter literário. Muito longe disso, eram apenas palavras adolescentes e que não saiam do lugar comum.

O tempo foi passando e o gosto por escrever levou a criação de um portal sobre musica. Um lugar onde eu desabafava minhas opiniões sobre CD’s, livros e bandas. Só que o bicho das palavras é inquieto e se alimenta não só da criatividade, mas da ânsia de produzir algo novo. Esse monstrinho é insaciável e isso fez com que eu rabiscasse algumas histórias que voavam na minha imaginação.

Assim como todo esse Blog, a seção Contos não tem uma periodicidade em suas publicações. Quando eu tiver material novo, ele será publicado.

O primeiro texto chama-se O Mendigo. Foi escrito há uns três anos e foi baseado em uma noticia que ouvi no rádio, mas não tinha muita informação. E é justamente isso o grande barato em escrever. Assim eu posso demonizar ou santificar personagens ao meu bem querer.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre a Seção Contos

You May Also Like

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.